5S, muito mais que um programa de limpeza!

O 5S como filosofia (um jeito de pensar a ser perseguido) e ferramenta Lean (a ser aplicada para auxiliar na remoção de desperdícios) é uma excelente oportunidade para que a empresa e as pessoas experimentem o espírito do Kaizen – melhoria contínua – nas suas atividades diárias.

Uma das ferramentas Lean mais conhecidas e importantes é o 5S. Seguem abaixo uma breve descrição de cada S:

  • Seiri, ou ‘Separação’, significa segregar materiais ou documentos que não sejam úteis, e ficar somente com aqueles que agreguem valor as atividades do dia a dia;
  • Seiton, ou ‘Organização’, significa colocar cada item útil no seu devido lugar, de modo que seja de fácil uso pelas pessoas.
  • Seiso, ou ‘Limpeza’, consiste em deixar a área de trabalho limpa com a finalidade de deixar evidente as anormalidades.
  • Seiketsu, ou ‘Higiene’, refere-se a criação de padrões de trabalho que contribuam para manutenção dos 3S anteriores.
  • Shitsuke, ou ‘Disciplina’, é quando todos ajudam para que a melhoria contínua da organização aconteça.

Muitas pessoas descrevem o 5S somente como um programa de limpeza, tendo somente um objetivo claro de deixar o ambiente mais limpo, agradável e seguro.

Vivenciar o 5S no dia a dia da operação é muito mais!

Praticar 5S é uma maneira de criar padrões de trabalho que:

  • Revelam os problemas
  • Fornecem suporte para a estabilidade básica dos processos
  • Criam condições para sustentar os ganhos incrementais
  • Habilita a redução dos 7 desperdícios
  • Constrói um posto de trabalho onde as pessoas podem focar nas atividades que agregam valor
  • Alinham as pessoas em torno de um propósito compartilhado necessário para a melhoria contínua

Dar a oportunidade da empresa ter os benefícios do 5S é proporcionar um método onde os líderes ensinam as pessoas a terem um sentimento de dono sobre o seu posto de trabalho.

Nem todos os conceitos e práticas do Lean podem se encaixam nos vários tipos de processos e ambientes produtivos. Por exemplo, implementar um TPM (Manutenção Produtiva Total) requer a existência de um equipamento. E é exatamente aí que o 5S ganha um caráter estratégico na Jornada Lean. Veja dois motivos para isso:

1. Filosofia e prática democrática

Toda pessoa em uma empresa tem uma atividade inserida dentro de uma estação de trabalho. E isso credencia todos na aplicação e benefícios citados acima.

 

2.Permite vencer um grande paradigma da melhoria contínua, a disciplina!

A simplicidade do 5S tem um lado desafiador. E isso acontece em grande parte pelo alto nível de disciplina diária envolvida para sustentar um ambiente de trabalho organizado.

Quando as pessoas conseguem experimentar e sentir os benefícios que seus novos hábitos e ações cotidianas obtiveram por meio do 5S, isso habilita e aumenta o sucesso na prática de outros conceitos do Lean, que também requerem da abertura para expor problemas e da disciplina para corrigi-los.

Esse passo em equipe é fundamental para fortalecer uma cultura Lean na empresa, onde as pessoas assumem uma papel proativo na resolução de problemas e atuam com foco para criar valor ao cliente.

 

Fábio Alves

Sócio-Diretor da Kimia. Consultor em Lean com projetos implantados no Brasil, Suécia, Suíça, México e Espanha. Engenheiro de Produção, CPIM.

Deixe uma resposta