Como a auditoria lean contribui para um plano de ação em seu negócio?

A filosofia lean deu origem a diversas ferramentas capazes de otimizar processos, com foco na redução de desperdícios como retrabalho, espera, excessos de estoque e processamento, transporte e movimentação desnecessários e, ainda, o capital intelectual não aproveitado da maneira adequada.

A auditoria lean surge nesse contexto auxiliando na criação de um plano de ação que contemple todos os pontos que serão avaliados e, desse modo, proporcionando melhoria na produtividade por meio da criação de indicadores de desempenho interligados à estratégia do negócio.

Pensando em ajudar você a entender melhor o que é a auditoria lean, como ela funciona e qual a sua importância para o aumento dos resultados de uma empresa, elaboramos este post que abordará todos esses pontos. Confira!

O que é uma auditoria lean?

A auditoria lean é um método que utiliza o kamishibai — modo antigo de contar histórias no Japão com a ajuda de cartões ilustrados — como ferramenta para o gerenciamento das atividades envolvidas em uma auditoria de processos de fabricação.

O método proporciona aos gestores um momento para reflexão sobre a situação da empresa e, ainda, sobre como superar as dificuldades existentes. A auditoria lean busca provocar o interesse pela mudança por meio de um benchmarking a respeito das melhores práticas de produção. E também, monitora se mudanças realizadas anteriormente estão sendo seguidas e são sustentáveis.

Ela gera iniciativas a serem executadas pelos gestores com o objetivo de planejar com rigor as atividades de treinamentos, gestão de pessoas e planejamento de mudanças. Desse modo, possibilita a criação de um plano de ação para tais modificações, que preveja inclusive o monitoramento da sua execução e dos resultados alcançados.

Qual é a importância desse monitoramento?

O principal objetivo da auditoria lean, que precisa ser destacado, é a busca pela melhoria contínua dos processos internos visando, em especial, a eliminação de desperdícios. O monitoramento é importante para evitar que as empresas se preparem apenas para o momento específico de uma auditoria externa (normalmente realizadas para uma certificação), se preocupando em alcançarem somente as metas e pontos que serão auditados e não um resultado constante.

Um exemplo dessa situação é o uso de ferramentas lean que não sejam essenciais para os resultados do negócio, ou seja, não adianta aplicar, por exemplo, uma produção puxada por kanban para tirar nota 10 na auditoria se isso não gerar um resultado concreto.

Para evitar esse tipo de distorção no processo e garantir o monitoramento constante e de modo adequado, é importante contar com o conhecimento de alguém que já tenha liderado uma auditoria lean, de modo a extrair o máximo dessa atividade para trazer os melhores resultados para a empresa.

Como a auditoria demonstrará o que pode ser melhorado?

O método de auditoria lean, que teve sua origem no sistema de produção da Toyota, é simples e totalmente visual. Por meio de placas e cartões, ele assegura que todos os processos de controle sejam realizados com a frequência necessária para que não haja a permanência de falhas. Desse modo, a cada verificação, suportada por uma gestão visual, é possível encontrar pontos de melhoria nos processos.

Como você pode ver ao longo deste post, a auditoria lean, quando bem aplicada, é capaz de garantir a melhoria dos resultados de uma empresa, como o melhor aproveitamento de recursos, inclusive os humanos, e a eliminação de desperdícios por meio do monitoramento constante das rotinas de produção.

E agora que você já sabe o que é uma auditoria lean e qual a sua importância para a melhoria dos resultados da empresa, entre em contato conosco para entender como podemos ajudar você na implementação do método!

Powered by Rock Convert

Guilherme Sandrini

Deixe uma resposta