Confira como aplicar o intraempreendedorismo em sua empresa

Se você é gestor de empresa, já percebeu que para alcançar ótimos resultados deve incentivar seus funcionários a terem um perfil empreendedor, não é mesmo? Com destaque ao pensamento inovador, colaborativo e criativo, a construção de uma cultura de intraempreendedorismo pode dar à sua empresa maior vantagem competitiva.

Basicamente, esse termo se refere ao profissional automotivado, proativo e orientado para a ação, que se sente confortável em tomar iniciativa, ainda que dentro dos limites da sua empresa, em busca de uma ideia inovadora para o negócio. O intraempreendedor entende que o fracasso de uma ideia faz parte do aprendizado, já que dificilmente consegue-se inovar se não existe alguma tolerância ao erro.

Embora pareça complicado para uma organização já estabelecida, é importante considerar que o intraempreendedorismo incentiva que os funcionários tenham mais liberdade e apoio financeiro para criarem novos produtos, processos e serviços em busca de formas para atender melhor o cliente.

Isso faz com que seu negócio caminhe sempre para frente e que os colaboradores tenham voz ativa para auxiliar o crescimento mútuo.

Quer implementar esse comportamento em seu negócio? Continue a leitura e confira as dicas que trouxemos para você!

Importância do intraempreendedorismo

Incluir seus funcionários, independentemente da sua função, na tomada de decisões e no desenvolvimento de estratégias aumenta a colaboração, a eficiência do negócio e a moral de todos. A importância disso é o fortalecimento dos laços de equipe e do pensamento criativo. Confira algumas vantagens do intraempreendedorismo para a sua empresa!

Vantagem competitiva para o negócio

De fato, muitas empresas solicitam que diretores e gerentes do negócio assinem contratos de confidencialidade com o objetivo de preservarem suas estratégias. Essa atitude faz com que todos os outros funcionários tenham uma visão muito limitada sobre a empresa, restringindo seu envolvimento na resolução de problemas.

Evitar o microgerenciamento oferece para a sua equipe mais autonomia para trabalhar e pensar por si. Inclusive, apostar na competitividade saudável pode gerar excelentes resultados. Uma possibilidade é a reconhecimento aos funcionários que implementam boas ideias, mas sem deixar de destacar o sucesso conjunto e a importância do trabalho em equipe.

Para isso, é indicado adotar alguns indicadores que incentivem a produtividade. Por exemplo, quantas ideias foram testadas este ano ou quantos melhorias em produtos e processos a equipe implementou. Para incentivar a proatividade, reserve um dia ou promova pequenos eventos para que sua equipe possa discutir e planejar como implementar novas ideias que melhorem o atendimento ao cliente final.

Colaboradores mais engajados

Forneça desafios para os seus funcionários perceberem que nem todos os problemas são burocráticos, e sim uma oportunidade para acrescentar conhecimento e aumentar seus níveis de satisfação. A partir do momento que o pessoal entende que existe uma cultura corporativa que valoriza o empreendedorismo entre a equipe, a produtividade aumenta.

Ações mais efetivas na empresa

É bem comum que muitas empresas se concentrem em suas atividades operacionais, uma vez que seu negócio já está consolidado. Contudo, essa perspectiva é arriscada, pois o progresso no conhecimento e na aprendizagem, e uma correto posicionamento no mercado são tão essenciais quanto bons níveis de produtividade e lucratividade.

Em um mundo no qual inovação e tecnologia tem garantido vantagens competitivas, empresas capazes de mudar seu negócio de maneira eficaz e rápida estão prontas para expandir sua participação de mercado. Entretanto, os funcionários contribuem consideravelmente para esse desenvolvimento.

Se você também acredita que o intraempreendedorismo tem o poder de enriquecer sua empresa e toda a sociedade com seus produtos e serviços inovadores, continue com sua visita em nosso blog. Compartilhamos novas ideias de forma a ajudar sua empresa a ganhar eficiência.

Fábio Alves

Sócio-Diretor da Kimia. Consultor em Lean com projetos implantados no Brasil, Suécia, Suíça, México e Espanha. Engenheiro de Produção, CPIM.

Deixe uma resposta