4 práticas de como melhorar a produtividade dos funcionários

Qual gestor não deseja uma fórmula mágica para melhorar a produtividade dos funcionários? A boa notícia é que essa melhoria é possível. A má é que não existe receita pronta para isso. É claro que há passos que podem ser seguidos em busca desse objetivo, mas tudo dependerá de ações internas da própria companhia e da reação de líderes e liderados a cada iniciativa.

Manter processos de trabalho ineficientes representa perdas em todos os sentidos: eles podem acarretar prejuízos à empresa, deixar os funcionários desmotivados e interferir negativamente na percepção que os clientes têm a respeito da empresa, fator essencial para determinar seu sucesso.

Para que a produtividade melhore de fato, é necessário traçar algumas ações. Se você também deseja saber como melhorar a produtividade dos funcionários, não pode perder nossas dicas abaixo. São sugestões bem práticas e que você pode aplicar imediatamente.

1. Ofereça oportunidades de desenvolvimento

Muitos colaboradores tornam-se desmotivados por sentirem que seu potencial não é reconhecido. Sendo assim, oferecer oportunidades em que eles possam manifestar seus talentos é uma forma de descobrir como melhorar a produtividade dos funcionários. Eles vão se sentir reconhecidos e satisfeitos, propensos a se empenhar. Afinal, ninguém quer desperdiçar uma oportunidade sabendo que, em geral, ela é difícil de ser conseguida.

Saiba mais como motivar sua equipe clicando aqui.

Iniciativas de melhoria de processos internos podem contar com a participação dos colaboradores. Você provavelmente conhece os pontos fortes de cada um deles e isso pode ser usado a favor da empresa e do próprio colaborador.

Para colocar essa sugestão em prática você pode, por exemplo, da próxima vez que precisar de determinado serviço ou conhecimento específico, verificar se ele já está disponível em seu próprio quadro de funcionários em vez de buscar recursos externamente.

2. Dê autonomia aos funcionários

Não estamos dizendo que você deve deixar que cada um aja como bem entender: isso certamente transformaria a organização em um verdadeiro caos, onde ninguém se entenderia e o resultado seria péssimo. Entretanto, abrir espaço para que cada um manifeste suas ideias pode surpreendê-lo, no melhor sentido da palavra.

Não somente peça a opinião de sua equipe, mas delegue responsabilidades aos poucos, acompanhando de perto os resultados. Quando forem insatisfatórios, dê feedback, tire lições de cada erro. Por outro lado, os bons resultados devem ser reconhecidos. Isso estimula a autoconfiança da equipe, que automaticamente buscará oferecer sempre o seu melhor.

Saiba mais sobre a autonomia no trabalho clicando aqui.

3. Realize reuniões regulares

Fica difícil acertar quando não se sabe exatamente o que é esperado de nós. É por isso que as expectativas e objetivos de cada ação devem ser claros para cada colaborador envolvido. Sendo assim, realizar reuniões periódicas para alinhar metas e ações deve se tornar um hábito.

Entretanto, é importante cuidar para que o conteúdo dessas reuniões não se torne irrelevante ou “mais do mesmo”. Uma vez conhecidas as metas, as pessoas tendem a se engajar e apresentar melhores resultados no dia a dia corporativo.

4. Valorize a comunicação

Para que todos realmente trabalhem em conjunto em busca de um objetivo comum, é importante que haja uma boa comunicação. Além disso, cada contato com seus funcionários é uma oportunidade para transmitir uma mensagem, que pode contribuir para a realização de novas ações.

É esse caminho que agrega valor ao cliente. Destravar esse potencial por meio da comunicação faz parte do trabalho do líder e impacta diretamente na qualidade de vida e entrega de seus colaboradores.

Viu só como melhorar a produtividade dos funcionários depende apenas de algumas boas práticas no dia a dia? Se este post foi útil para você, siga-nos nas redes sociais e tenha acesso a outros conteúdos similares. Estamos no Facebook, LinkedIn e Twitter.

Powered by Rock Convert

Fábio Alves

Sócio-Diretor da Kimia. Consultor em Lean com projetos implantados no Brasil, Suécia, Suíça, México e Espanha. Engenheiro de Produção, CPIM.

Deixe uma resposta