Autonomia no trabalho: entenda como envolver seus colaboradores!

A falta de autonomia dos colaboradores pode comprometer a produtividade de uma empresa, especialmente em um mercado competitivo como o atual. Nem todos os gestores têm facilidade para compartilhar o controle de tarefas e atividades, mas quem deseja obter sucesso deve ir além dessa administração tradicional.

Na verdade, incentivar essa autonomia no trabalho traz benefícios tanto para a empresa quanto para o desenvolvimento e espírito de equipe dos colaboradores. Afinal, isso expressa que o gestor se considera cercado de profissionais competentes. Assim, o negócio ganha em produtividade e traz resultados incríveis em faturamento, qualidade e bom atendimento ao cliente.

Pensando nisso, veremos neste post algumas ações capazes de ajudar você a dar mais autonomia aos seus colaboradores. Continue lendo e confira!

Como dar mais autonomia no trabalho aos seus colaboradores

Dê voz aos funcionários

Ter uma equipe autônoma, por si só, propicia o surgimento de ideias novas com mais frequência. Assim, além de aprender a ouvir e compreender melhor o que os outros pensam — o que expressa uma fonte rica de conhecimento —, aprimora-se também a capacidade de argumentação, as relações interpessoais e a capacidade de falar em público, visto que se é livre para intervir e opinar sobre as pautas discutidas.

Delegue atividades criativas

Uma excelente forma de manter o envolvimento dos funcionários com o trabalho é disponibilizar mais chances para eles vivenciarem novas experiências e aprenderem com isso. Então, busque avaliar o perfil de cada um, conhecendo seus potenciais e fragilidades para, então, envolvê-los em atividades que exigem criatividade, compatíveis as habilidades de cada um. Isso fará com que mais pessoas da sua empresa estejam desenvolvendo soluções para os problemas existentes.

Realizar oficinas, cursos, palestras e seminários, por exemplo, é uma ótima maneira de as equipes descontraírem e estimularem a sua criatividade, pois beneficia um aprendizado contínuo dos funcionários, garantindo ainda mais autonomia no trabalho. Além disso, eles se sentirão desafiados dentro daquilo que mais sabem e gostam de fazer, sem se entediarem.

Veja os funcionários como parceiros da organização

Se você deseja que a sua equipe se conecte com a empresa e obtenha o mesmo nível de paixão por ela que você, é fundamental que os colaboradores sintam que fazem parte, de fato, do negócio, e que suas opiniões e decisões são levadas em conta. Além disso, ao enxergar os funcionários como parceiros da organização você garante uma ajuda valiosa na tomada de decisões — sem contar que todos os processos se tornam muito mais democráticos.

É possível até deixá-los escolher, junto com você, em quais projetos serão alocados. O mais importante, nesse sentido, é que eles tenham esse senso de responsabilidade e propriedade, para se envolverem diretamente no trabalho e se sentirem estimulados todos os dias ao chegar à organização.

Enfim, por todos os benefícios que vimos aqui, enxergamos que cada vez mais organizações adotarão práticas de autonomia no trabalho para suas equipes. Todas as partes tem muito a ganhar.

O estabelecimento dessa confiança é um ponto fundamental para que os colaboradores sintam que fazem parte do negócio. E, colocando em práticas as ações citadas neste post, será possível envolvê-los com maior liberdade às tomadas de decisão, garantindo uma otimização dos resultados e mais produtividade!

Então, o que você achou das nossas dicas para conseguir autonomia no trabalho? Agora, aproveite esta visita em nosso blog e confira também 4 práticas sobre como melhorar ainda mais a produtividade dos funcionários!

Fábio Alves

Sócio-Diretor da Kimia. Consultor em Lean com projetos implantados no Brasil, Suécia, Suíça, México e Espanha. Engenheiro de Produção, CPIM.

Deixe uma resposta